Vinho mágico

“O vinho fala. Toda a gente sabe disso. Ventriloquiza. Tem um milhão de vozes. Solta a língua, arranca-nos segredos que nunca tencionámos contar, segredos que nem conheciamos. Cada garrafa, um sopro de outros tempos, outros lugares. A transformação de matéria simples no igrediente dos sonhos. A alquimia do leigo.”

“vinho mágico” de Joanne Harris

 

Frase sobre vinho

“Moderadamente bebido, o vinho é o medicamento que rejuvenesce os velhos, cura os enfermos e enriquece os pobres.”

Platão

Livro sobre o Vinho no Alentejo

Sinopse:

“Francisco Ramos foi nomeado Professor Emérito da Universidade de Évora, catedrático de Antropologia, com obra científica notável nas áreas da Sociologia, Antropologia, Etnossociologia Portuguesa e Turismo, com muitos “filhos científicos”, isto é, mestres e doutores que orientou. E esse conhecimento profundo transparece nesta obra. Mas, o que é notável, esse conhecimento é transmitido ao leitor de forma simples e natural, como um pano de fundo que não se impõe. O que se impõe é a escrita escorreita de quem conta uma história e partilha com os seus amigos uma experiência vivida, iluminada pelo olhar de um observador atento e perspicaz e pelo estudo dedicado da realidade que retrata. Mas esse olhar, a que não falta o humor, sendo isento, não é neutro porque é um olhar de um alentejano de gema cujas palavras denunciam, sem remissão, o profundo amor pela sua terra. Amor que, como alentejano que sou por adopção, partilho e, também por isso, este livro me encheu as medidas. Este é um livro de retratos, retratos da realidade alentejana a pretexto da sua relação com o vinho, retratos de uma cultura no duplo sentido da palavra, o cultivo da terra para dela colher o que, por obra e engenho do homem, vinificará e se instituirá como veículo mediador e, de alguma forma, estruturante da sua vida cultural. Carlos Braumann”

Fonte: http://www.edi-colibri.pt/Detalhes.aspx?ItemID=1401


Benefícios do vinho

O vinho tomado em pequenas quantidades pode trazer benefícios para a saúde, sobretudo o vinho tinto, que é considerado estimulante. Assim, leva a que as pessoas mais velhas não dispensem um copo de vinho às refeições.

O vinho tinto derivado das suas substâncias anti-oxidantes, combatem os radicais livres, que são minúsculos átomos ou moléculas que destroem as celulas de uma forma lenta, e são considerados os maiores causadores de cancro e doenças cardíacas.

Assim, o vinho bebido moderadamente é saudável, mas só se deve beber 1 ou 2 copos a cada refeição.

Deve-se evitar colocar os vinhos à luz ou ao calor, pois é uma bebida consumida em pouco tempo. Se o vinho tiver um cheiro a mofo, a podre ou a torrado, deve ingerir-se outro, deitando este fora. Por isso, antes de ser utilizado, o vinho deve de ser cheirado.

A qualidade do vinho também é um aspecto essencial no consumo do mesmo.

Provérbio

“Três copos de vinho mandam (em boa hora) os espíritos, mas com quatro, eles voltam”

Fonte :   http://paoesaude.blogspot.com/2010/02/os-beneficios-do-vinho.html

 

Anúncios